QUE VENHA 2017: QUE VENHA A LUTA!

02/01/2017 17:11

*Prof. Valter Machado Fonseca

O ano de 2016 dá seus últimos suspiros. Um ano horrível, que há muito tempo não se via. Um ano marcado fundamentalmente pelos ataques às conquistas históricas da classe trabalhadora e da juventude em todo o mundo e, em especial no Brasil. Um ano em que foram ao fundo do baú, remexeram na podridão das banalidades e superficialidades do mundo capitalista e de lá tiraram o arcaico e ultrapassado receituário neoliberal objetivando a construção do arsenal para massacrar os explorados e marginalizados de todo o planeta.

A burguesia, por intermédio de seus setores mais retrógrados, cerrou fileiras e iniciou sua marcha sobre o conjunto da classe trabalhadora. A grande mídia, como presente de final de ano, já anuncia a continuidade desses ataques contra as organizações e movimentos da classe trabalhadora. Já é sabido do retrocesso na educação superior, no Ensino Médio e o desmonte da previdência social. Diante disso, estamos aí nos recuperando desses ataques espúrios, acumulando forças para a resistência que, com toda a certeza há de vir, dos campos, das ruas, das fábricas, das favelas.

O nosso povo trabalhador conhece o caminho da resistência, da construção das estratégias para a vitória. Somente os trabalhadores e marginalizados podem ter a autoria de sua própria emancipação, como muito bem o disse o “velho” Marx. Então, que venha 2017! Os tempos sombrios que se anunciam serão soterrados pelas fileiras de trabalhadores e da juventude que, por intermédio da história já mostraram que sabem como cerrar essas fileiras da luta contra a opressão capitalista.

Mostraram que sabem o caminho para a vitória, a qual soterrará toda a estrutura opressora da burguesia. Somente a luta dos oprimidos rejuvenescida pelo frescor da juventude será capaz de colocar o conjunto dos trabalhadores, seu movimento e suas legítimas organizações no caminho da construção efetiva de uma sociedade mais justa e igualitária. Por isso, sejam bem vindos à luta! Se juntem às fileiras da resistência que farão deste 2017 um ano menos amargo e mais esperançoso. Bem vindos às trincheiras da esquerda das colunas da luta de classes! Sigamos juntos, ombreados rumo à vitória, rumo à derrocada da opressão capitalista.

 

*Professor Valter Machado Fonseca - Geógrafo, Mestre e Doutor pela Universidade Federal de Uberlândia (MG) – UFU. Professor Adjunto do Departamento de Educação da Universidade Federal de Viçosa (DPE/UFV).

 

Agradecemos ao professor Valter Machado Fonseca a autorização para publicação de seu texto em nosso site.

Liga Socialista