Não à cassação do PT! Em defesa das liberdades democráticas e de todas as organizações de esquerda.

09/04/2020 20:36

O vice-procurador geral eleitoral, Renato Brill de Goés, no dia 27 de março, deu um parecer favorável à admissibilidade de uma ação requerendo o cancelamento do registro do Partido dos Trabalhadores alegando que o mesmo recebera verba de origem estrangeira.

Para nós da Liga Socialista isso deixa claro o aprofundamento do golpe de 2016 que derrubou a então presidente Dilma Rousseff (PT) e depois condenou o ex-presidente Lula sem provas concretas, ou seja, com base apenas nas convicções do promotor Deltan Dallagnol e nas decisões arbitrárias do ex-juiz Sérgio Moro. O fato é que cassação de partidos só ocorreram durante ditaduras e isso nos leva a uma séria reflexão.

Temos muitas críticas ao PT, principalmente por sua prática de compor alianças com partidos tradicionais da direita, o que levou seus governos a uma política de colaboração de classes e que acabou resultando no golpe. Infelizmente essa prática continua ocorrendo em governos estaduais e administrações municipais sob o comando do partido. Com certeza a decisão de não fazer a autocrítica mantém essa política do partido.

A cassação do PT é um ataque a toda a classe trabalhadora, bem como a todas as organizações de esquerda do país. O PT, apesar de seus erros, é o único partido brasileiro construído pela classe trabalhadora, que o fez a partir das grandes greves do ABC no final dos anos 70. Esses movimentos paredistas do ABC paulista impulsionaram greves de trabalhadores e estudantes por todo o país, acirrando a luta pelo fim da ditadura militar. Portanto, o PT é símbolo de resistência da classe trabalhadora e é exatamente por isso que a burguesia quer destruir o partido, prender e desmoralizar suas lideranças.

Com certeza, se conseguirem o cancelamento do registro do PT, essas mesmas forças reacionárias atacarão também as organizações de esquerda, tanto partidárias quanto sindicais. Por isso, barrar a cassação do PT é defender as liberdades democráticas bem como as demais organizações de esquerda.

Neste cenário, nos juntamos a todas as organizações e movimentos de esquerda que já se posicionaram contra a cassação do PT e em defesa das liberdades políticas e democráticas.

  • Barrar a continuidade do golpe!
  • Em defesa das liberdades democráticas e de todas as organizações de esquerda!
  • Não à cassação do PT!
  • Fora Bolsonaro e seu governo golpista!