Paquistão: Solidariedade com os líderes do PTM! Liberdade para Manzoor Pashteen!

03/02/2020 16:08

League for the Fifth International, January 29, 2020 Wed, 29/01/2020 - 09:08

 

O Estado paquistanês desencadeou seu autoritarismo cheio de paranoia mais uma vez com a prisão do líder do Movimento Pashtun Tahafuz (PTM), Manzoor Pashteen e outros, em 27 de janeiro. Isso foi seguido pelas prisões de muitos outros, que protestaram para exigir sua libertação um dia depois.

O PTM havia pedido protestos em todo o país contra as prisões arbitrárias de Manzoor Pashteen e nove outros membros do movimento. Um grande número assistiu aos protestos em diferentes partes do país, incluindo grandes cidades como Islamabad, Karachi e Lahore. Em Islamabad, os manifestantes foram presos sob as "ordens das autoridades superiores".

A polícia da capital, Islamabad, divulgou as prisões de 29 pessoas, entre as quais socialistas conhecidos, como os líderes do Partido dos Trabalhadores em Awami, Ammar Rashid e Ismat Shahjehan - esta última também é presidente da organização socialista-feminista, Frente Democrática de Mulheres. Duas jovens líderes da Frente, Maria Malik e Muneeba Hafeez, também foram presas. As mulheres sofreram ferimentos quando os policiais as arrastaram para dentro de vans da polícia. Outro líder conhecido do PTM, Mohsin Dawar, também foi preso junto com eles.

Enquanto Ismat Shahjehan, Moshin Dawar e vários outros foram libertados poucas horas depois, outros participantes das ações de solidariedade ainda estão presos. Mais importante ainda, Manzoor Pashteen ainda está na prisão.

O líder do PTM foi preso na segunda-feira, 27 de janeiro, na cidade de Shaheen, em Peshawar, e foi preso sob custódia judicial na prisão central da cidade. De acordo com um tribunal local, ele foi transferido para Dera Ismail Khan, onde um “Primeiro Relatório de Informações”, FIR, foi registrado contra ele. Entre outras acusações, ele foi acusado de sedição.
A FIR alega que Pashteen e outros líderes do PTM compareceram a uma reunião em 18 de janeiro em Dera Ismail Khan, onde o chefe do PTM teria alegadamente dito que a Constituição de 1973 violava os direitos humanos básicos. A FIR também acusa Pashteen de ter feito comentários depreciativos sobre o estado.

Os líderes do PTM Ali Wazir e Mohsin Dawar, que também são membros do Parlamento, condenaram as prisões e, juntamente com a liderança do PTM, pediram protestos em todo o país. Dawar descreveu a prisão de Pashteen como um "sequestro".

“Achamos que Manzoor Pashteen foi preso pelo discurso que proferiu em Bannu, no qual disse que reunirá todos os líderes pashtuns.” Ele instou os membros do PTM a permanecerem “pacíficos como sempre” e anunciou que o grupo realizará protestos no Paquistão e em todo o mundo na terça-feira. "Os FIRs não vão nos assustar", disse Dawar. "A resistência vai aumentar agora."

A Liga pela Quinta Internacional condena categoricamente as prisões de Manzoor Pashteen e dos camaradas que foram presos em Islamabad por exigirem sua libertação. Exigimos também a libertação de Alamgir Wazir, que está detido desde dezembro após a participação na Marcha Solidária para Estudantes.

Manzoor Pashteen não cometeu nenhum crime. De fato, ele sempre defendeu ações não violentas em face da constante provocação e repressão por parte do Estado. Reiteramos nosso apoio ao PTM e suas demandas pelo fim da mineração das áreas tribais e o fim do sistema de controle racista, os assassinatos extrajudiciais, desaparecimentos forçados e detenções ilegais.

Apelamos ao PTM, grupos de esquerda, sindicatos, movimento de estudantes e todas as organizações que concordam com a necessidade de construir uma frente unida para dar as mãos contra os ataques aos direitos democráticos e o autoritarismo do Estado. Devemos nos unir contra todos os ataques neoliberais e anti-operários que o governo pretende aplicar como resultado de seu acordo com o Fundo Monetário Internacional.

- Liberdade para Manzoor Pashteen e todos os membros do PTM!
- Liberdade para todos os socialistas e ativistas presos em Islamabad!
- Liberdade para Alamgir Wazir!
- Fim de todas as perseguições contra líderes do PTM e outros ativistas políticos!

 

 

Fonte: Liga pela 5ª Internacional (https://fifthinternational.org/content/pakistan-solidarity-ptm-leaders-free-manzoor-pashteen)

Traduzido por Liga Socialista em 03 de fevereiro de 2020