Paquistão: solidariedade internacionalista com a Frente Democrática da Mulher

22/01/2020 16:34

League for the Fifth International Mon, 20/01/2020 - 20:12

 

A Liga pela Quinta Internacional condena categoricamente a detenção ilegal de sete horas de duração da presidente do Baluchistão da Frente Democrática da Mulher, WDF, Jalila Haider. Expressamos solidariedade com os camaradas do WDF após este assédio e intimidação por parte do estado paquistanês.

Haider estava embarcando em seu voo para o Reino Unido na manhã de segunda-feira, 20 de janeiro, quando as autoridades do aeroporto de Lahore a detiveram. Ela deveria viajar para o Reino Unido para participar de uma conferência sobre feminismo organizada pela Universidade de Sussex. Após sua detenção, ela foi informada de que seu nome estava na lista de proibição por causa de suas "atividades antiestatais".

Condenamos essa forma de assédio e intimidação que o Estado paquistanês recorre contra socialistas e ativistas radicais, especialmente aqueles pertencentes a minorias étnicas. A própria Haider é da comunidade Hazara extremamente oprimida em Quetta, Baluchistão.

Sua detenção revela como a crise econômica em curso no Paquistão foi tão profunda que o Estado começou a agir de maneira ainda mais paranoica do que antes. Está ciente de que as massas estão prontas para se revoltar contra a crise econômica neoliberal, assim como suas contrapartes no Chile, Equador, França, Irã, Iraque, Líbano e outras partes do mundo, e deseja esmagar todas as vozes dissidentes.

A classe dominante paquistanesa parece estar extremamente ameaçada e com razão porque falhou em lidar com a crise econômica, cujo ônus foi transferido para os ombros das classes trabalhadoras e da classe média baixa.

Nesse cenário, enviamos solidariedade a Haider e a todos os camaradas que se reuniram no aeroporto e também aos que se reuniram para protestar em Quetta e aumentaram a pressão para libertá-la.

A WDF é uma organização socialista que se organiza entre as mulheres trabalhadoras nas partes urbanas e rurais do Paquistão e saudamos seus esforços na luta de classes no país e na ativação da metade feminina da classe trabalhadora para desempenhar seu papel nessa luta. Vitória para a classe trabalhadora paquistanesa!

  • Retirada de todos os nomes dos ativistas da lista de exclusão!
  • Movimento livre para todos!
  • Encerramento de todos os casos contra socialistas paquistaneses e outros ativistas!

 

 

Fonte: Liga pela 5ª Internacional (https://fifthinternational.org/content/pakistan-internationalist-solidarity-women%E2%80%99s-democratic-front)

Traduzido por Liga Socialista em 22 de janeiro de 2020